sexta-feira, 26 de junho de 2009

Esta logo ao pequeno almoço acabou com uma fase boa da minha juventude...

Como diria o outro - eu ainda sou do tempo em que o Michael Jackson era preto e bonito... transformou-se num monstro, numa autêntica aberração, mas com uma carreira invejável e que foi o primeiro a abrir muitas portas à raça negra. A sua musica nunca morre e serão para sempre cantadas em todo o mundo. Michael Jackson forever...

3 comentários:

João Videira Santos disse...

Quem teve oportunidade de ver os seus espectáculos, não vai esquecer...

...e eu vi!

Sou de um Clube Lutador disse...

Mesmo para quem não é um fanático, percebe que ele era o rei da musica pop e que arrasava com as suas técnicas de dança complexas.
A excentricidade foi levada quase ao máximo, quiçá mesmo ao extremo na questão da pele e alterações faciais.

Quando esteve em Lisboa, pediu para fechar as Amoreiras porque queria dar por lá uma volta. Ao final da noite disse que não lhe apetecia.

Bom repouso

Cumps
..

Mimo Azul disse...

Ao pequeno almoço ?! Andas longe do twitter ... ainda antes de dar na tv, já a noticia circulava por lá ...

uma beijocaaaaaa