sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Por vezes estamos na nossa casa quando as notícias nos chegam e nos deixam a pensar - os meus sogros acabaram de nos contar de uns primos que perderam a filhota mais nova já há muitos anos, tinha ela cerca de sete anitos, salvo erro. tanta tristeza, tanta lágrima e hoje a morte atravessou-se novamente na linha de passagem das vidas deles. Iam eles para a Praia quando um carro lhes bateu - a filha mais velha não sofreu nada - eles, felizmente estão vivos, mas o carro foi para a sucata, um teve de ser operado de urgência, o outro tem um pé partido e o outro vai sofrer uma operação; a mãe tem dedos partidos e o colar no pescoço... Como disse o meu marido - vai ali um gajo descansado da vida e de repente tem uma carga de trabalhos pela frente. Por isso é que eu sempre disse que tenho medo é dos outros e não de mim! As melhoras primos.

3 comentários:

Sorrisos em Alta disse...

Ainda bem que, no fim, tudo correu bem (ou menos mal).

Bjoca

Nuno disse...

olá! Lamento o que aconteceu. As melhoras para os teus familiares e que recuperem depressa. beijos

Maria Manuela disse...

Eu até fico doente com isto pá....

Um beijo para ti e as melhoras rápidas dos teus familiares.

beijos