quarta-feira, 25 de março de 2009

Quem quer fazer dieta como eu e levá-la até ao fim… pelo menos assim o espero, tenho uma coisa má contra mim: não ser esquisita! Adorava ser esquisita, não gostar de milhentas coisas… Mas pelo contrário. Só com a minha sogra já eu aprendi a comer mais umas milhentas coisas. Na casa dos meus Pais não se usava a beterraba nem as curgetes. Com ela aprendi a comer tudo isso e a usá-las na sopa. Só comia cebola assada ou frita – hoje sou o maior perigo da vida das cebolas. Pepinos – que horror! Agora adoro pepinos nem que sejam só retalhados com sal. E nunca tinha nem metido a vista em cima de Lampreia. Quando soube que ela fazia muito bem, tive um mau pressentimento… E foi! Virei fã. Completamente fã daquele animal feio que nem cobras, caro como o caraças (só para não usar nomes feios) e… eis que hoje a minha querida sogra fez lampreia e a pedido do meu marido guardou só dois bocadinhos pequeninos e uma colher de sopa de arroz… aquele arroz magnífico que ainda é melhor que a lampreia. Soube-me a caviar com ostras… assim tipo o maior pecado do mundo! Que bom!

3 comentários:

LoUcUrAs_dOs_22 disse...

xiiii prefiro enguias! são bichos horriveis.. mas....prefiro enguias fritas do que lampreia.. se bem, que também marcha! :D

sim,realmente!.. para a dieta não faz nada bem! mas um pecado de vez em quando não faz mal a ninguem! :D

Beijinhos e mts LoUcUrAs

CCVAO disse...

Ugh! Destesto lampreia, fico-me só pelo arroz...

Nuno Medon disse...

Olá! Acredito que a lampreia seja boa, mas eu não gosto. Ainda num fim de semana, recusei ir a Gondomar comer a lampreia. Preferi ficar em casa! beijos