quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

São só palavras....

"É só isso, Não tem mais jeito, Acabou, boa sorte! Não tenho o que dizer, São só palavras, E o que eu sinto, Não mudará..."

Engraçado... já a musica o diz... sã só palavras...!!!! Que magoam.... muito!!!... Muito... mas já foram ditas, não há retorno... se arrependimento matasse... mas nada feito! Mas entre as palavras duras e cruéis que saltam da boca de um, o silêncio de faca e o ignorar totalmente de outro... Não sei o que mais dói. Como é possível que por uma cena infantil duas pessoas que se amam tanto chegam ao ponto de se ferirem mutuamente como se cada uma tivesse de ficar por cima nas azelhices que diz....

Não tenho forças, lutar contra o amor mata. Dói-me os olhos tanto como a alma e o coração... preciso de ti. Esse é o mal... precisava saber se também precisas de mim... Preciso de acreditar na velhice a dois que quero construir... Leva-me para longe esta solidão e estas lágrimas... traz-me de volta o sol.

1 comentário:

Danni disse...

Claro que precisam um do outro! Caso contrário não teriam embarcado num projecto a dois. Dizer coisas menos pensadas acontece e ninguém pode dizer que é excepção. O importante é saber dar o braço a torcer quando temos consciência de que a falha foi nossa. Acima de tudo, é imprescindível o diálogo, porque nestes momentos cada um está "carregado" da sua própria razão e o ponto de vista de uma parte não é o mesmo da outra... e no fundo ninguém tem capacidade de saber o que vai na mente e no coração do outro se não for ele mesmo a dizer-nos. Ninguém é perfeito e todos nós alguma vez magoamos com as nossas palavras ou os nossos actos... conversem... e qto mais depressa, melhor... infantilidades e momentos/palavras menos pensados não devem beliscar o amor e a cumplicidade de duas pessoas que se amam! Everybody hurts sometime... Jinhos grandes