terça-feira, 4 de março de 2008

Quero domir!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Esta coisa de dormir a dois também não é tão fácil como dizem. Primeiro passamos a não ter tanto espaço para esticar pernas e braços, perda de espaço essa compensada por um abraço forte e quente da pessoa que amamos. Mas nem tudo são rosas… E quando as diferenças são enormes – por exemplo – O meu dito cujo Dorme de pé, sentado, com barulho, sem barulho, com sol, sem sol… Eu preciso de me concentrar para adormecer e nunca o consigo fazer antes da uma ou duas da manhã; para isso tenho de me concentrar ou ver televisão ou ler um livro até cair para o lado. Claro que no dia a seguir sinto no corpo esta falta de descanso. Ora agora vem a parte pior: os barulhos causados pela nossa cara-metade! No meu caso ainda pior – o rapaz tinha de sofrer de alergia ao pó, aos ácaros, ter sinusite e outras coisas acabadas em ite. Conclusão – noites e noites de roncar inacabável que me levam à loucura e a querer fugir de casa. Eu compro pensos, sprays milagrosos, tudo o que prometa acabar com tais ruídos eu vou buscar nem que seja à China. Mas ficamo-nos pelas promessas – e mais – se o dito cujo come muito nessa noite ou bebe uns canecos a mais – fujam!!!! Aí não há pensos nem spray capazes de segurar qualquer ronco possível. Até já comprei comprimidos para melhorar o meu sono… esperemos que resultem. Agradeço que me comuniquem a solução se a conhecerem para além do método de uma mocada na cabeça que o deixe inanimado até de manhã!

1 comentário:

Zaka disse...

Bem... comprares uns oscultadores tipo rato myckey pode ser a solução! Mas... depois tens que arranjar um despertador que te belisque na pele, pois também não o irás ouvir! :P